This post is also available in: English Français

Fomos feitos para a comunidade e, no entanto, com o Coronavírus a mudar a nossa situação, muitos de nós encontrámo-nos numa nova realidade – em casa, incapazes de sair para o trabalho e de encontrarmos com amigos, colegas e familiares. O mesmo se aplica à maioria dos missionários na Região de África.

O “distanciamento social” tornou-se a nova norma. Então, como é que vamos ao encontro dessa necessidade de nos ligarmos quando não podemos estar juntos? Tornamo-nos criativos e encontramo-nos de novas formas. No dia 16 de Abril, tivemos uma reunião de vídeo Zoom com os missionários da Região de África. Foi tão maravilhoso poder ver os rostos dos missionários de todo o continente, assim como de alguns que estão em missão domiciliária noutros continentes. O nosso Director Regional, Dr Daniel AKL Gomis, refletiu sobre uma história de esperança durante a crise do Ébola em 2014-2016 e passou algum tempo a falar sobre algumas questões em torno da nossa nova realidade. Também juntou-se a nós o nosso Director Global de Pessoal, Marty Hoskin, que nos encorajou a compensar o tempo e fazer certas coisas que normalmente não faríamos devido à nossa agenda sobrecarregada, e respondeu à algumas questões levantadas pelos nossos missionários.

“Estes são os dias, meus irmãos e irmãs, que devemos orar para sermos sábios como uma serpente, para que possamos falar a palavra a tempo. Uma palavra que trará a transformação nas nossas nações”.

D.A.K.L. Gomis
Director Regional de África

O tempo partilhado foi um grande lembrete de que ESTAMOS JUNTOS (TUKO PAMOJA)! Mesmo estando em todo o mundo e praticando ativamente o distanciamento social, estamos juntos em espírito, em unidade e em paz, enquanto continuamos a servir onde o Senhor nos colocou.

Já recebemos feedback de alguns dos nossos missionários que “encontraram” outros pela primeira vez ou que foram capazes de se ligar depois de se sentirem isolados. Uma família notou que “temos sido tão encorajados”! Alguns dos objetivos da reunião eram comunicar informações e responder a perguntas, mas o principal objetivo era encorajar uns aos outros e apenas estar juntos e estar em comunidade. Estamos tão gratos por termos tido 36 ligações ao mesmo tempo.

Que privilégio servir com os meus companheiros missionários em todo o mundo!

Obrigado pelas vossas contínuas orações enquanto olhamos para novas formas de servir ao Senhor, ao nosso próximo e comunidades durante estes dias.


pelo Director de Pessoal da Região de África